Livros litúrgicos e documentos do magistério

Por não ter apresentado neste artigo um resumo da teologia da eucaristia, parece ainda mais indispensável uma referência aos livros litúrgicos e uma indicação dos documentos do magistério que dão todas as orientações necessárias e úteis para uma autêntica celebração da eucaristia.
A orientação básica nos é dada pelos livros litúrgicos. Aqueles que dizem respeito à eucaristia são, em primeiro lugar, o missal e os Lecionários da missa e ainda o ritual para a sagrada comunhão e o culto eucarístico fora da missa. Também outros livros litúrgicos, sobretudo aqueles dos sacramentos que se celebram sempre ou opcionalmente dentro da missa, se referem à eucaristia, como o Pontifical Romano com respeito à confirmação e às ordenações, a bênção de abade e abadessa, a consagração das virgens, a profissão religiosa, a dedicação e bênção de igreja e altar, o ritual de iniciação cristã de adultos, o ritual do matrimônio, o ritual da unção dos enfermos e sua assistência pastoral, este particularmente com o rito da visita e comunhão aos enfermos e o viático, também o ritual de exéquias. Todos estes rituais trazem uma introdução que geralmente lembra primeiro a teologia da respectiva celebração e dá em seguida as orientações necessárias para sua realização. Entre todas estas introduções, merece grande destaque a Instrução Geral do Missal Romano, da qual temos desde 2002 uma nova edição.
Sobre a eucaristia temos ainda numerosos outros documentos dos papas e da Sé apostólica, também da CNBB e de várias dioceses. Particularmente importante é para nós no Brasil a segunda parte do documento 43 da CNBB: Animação da vida litúrgica no Brasil, que dá orientações pastorais sobre a celebração eucarística. As cinco instruções da Sé apostólica para uma correta aplicação da constituição do Concílio Vaticano II sobre a liturgia tratam da liturgia em geral, mas em muitas partes também explicitamente da eucaristia.
Os papas dedicaram vários de seus escritos à eucaristia: Paulo VI, a encíclica Mysterium fidei (Mistério da fé) e João Paulo II, a encíclica Ecclesia de eucaristia [A Igreja (vive) da eucaristia] e a carta apostólica Mane nobiscum domine (Ficai conosco, Senhor). A mais recente instrução Sacramentum redemptionis (O sacramento da redenção), que tem o subtítulo “Sobre alguns aspectos que se deve observar e evitar acerca da santíssima eucaristia”, é um prolongamento disciplinar da encíclica Ecclesia de eucaristia, que tem um cunho mais teológico e espiritual. Esta última instrução provocou, parece, por toda parte do mundo católico, reações de decepção. De fato, ela pode dar a impressão de ser um elenco de abusos na celebração da eucaristia que se registraram pelo mundo afora e que a Sé apostólica procura corrigir. A intenção do documento é clara: favorecer da melhor maneira possível o bem espiritual das comunidades que celebram a eucaristia. Certamente ele teria sido melhor acolhido se sua linguagem fosse mais pedagógica e cativante. Em todo caso, esta instrução não introduz novas restrições à liberdade que os livros litúrgicos e os documentos anteriores deram na maneira de celebrar, a não ser em pouquíssimos detalhes de menor importância. Em geral lembra as normas e orientações que se encontram já nos documentos anteriores e aponta para abusos que realmente deveriam ser evitados e corrigidos. Sem menosprezar este e outros dos documentos mais recentes, não hesito em recomendar que se procure a orientação para a celebração da eucaristia, sobretudo na Instrução Geral do Missal Romano de 2002.

Pe. Gregório Lutz é doutor em liturgia, professor e coordenador do Centro de Liturgia da Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção em São Paulo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s